Publicado em Livros

Filha das Trevas

Desde que a Mayra fez um vídeo falando desse livro, eu já estava bem interessada em ler, então, quando esse livro veio no Turista Literário de agosto, nem preciso dizer o quanto eu fiquei animada!

Lada Dragwlya e o irmão mais novo, Radu, foram arrancados de seu lar em Valáquia e abandonados pelo pai – o famigerado Vlad Dracul – para crescer na corte otomana. Desde então, Lada aprendeu que a chave para a sobrevivência é não seguir as regras. E, com uma espada invisível ameaçando os irmãos a cada passo, eles são obrigados a agir como peças de um jogo: a mesma linhagem que os torna nobres também os torna alvo.

Lada despreza os otomanos. Em silêncio, planeja o retorno a Valáquia para reclamar aquilo que é seu. Radu, por outro lado, quer apenas se sentir seguro, seja onde for. E quando eles conhecem Mehmed, o audacioso e solitário filho do sultão, Radu acredita ter encontrado uma amizade verdadeira – e Lada vislumbra alguém que, por fim, parece merecedor de sua devoção.

Mas Mehmed é herdeiro do mesmo império contra o qual Lada jurou vingança – e que Radu tomou como lar. Juntos, Lada, Radu e Mehmed formam um tóxico e inebriante triângulo que tensiona ao limite os laços do amor e da lealdade.

Gente, o livro é um reconto da história de Vlad, o empalador, no qual ele é uma mulher. Tem como esse livro não ser maravilhoso??? Foi excelente bater minha meta de leitura do ano com esse livro!

A Lada é uma personagem incrível! Ela mostra bem como seria mais ou menos a situação de uma mulher na posição dela, naquela época do Império Otomano. O Radu é um personagem encantador! Eu amei esse menino! O fato dele ser o personagem gay da história também ajuda muito, mas é incrível comprar a doçura e o tato dele com a agressividade e grosseria da Lada.

O Mehmed é um personagem complicado pra mim, porque teve momentos que eu amei e que eu odiei ele. Entendi a maioria das posturas que ele teve, principalmente por ele ser o sultão e um sultão desacreditado. Mas meu ship é com o Radu e não com a Lada… hahahahahahaha

Bem, minha avaliação desse livro foi de 4,5 estrelas, porque eu achei que a história demora um pouco a engatar. A maioria das cenas da infância da Lada e do Radu são importantes para a construção da personalidade deles, mas tiveram algumas coisas que eu achei que poderiam ter tirado.

Apesar de já saber como essa história vai terminar (se você conhece a história do Vlad, assim como eu, já imagina o final), estou ansiosa pra continuação e pra saber que rumo a autora vai tomar!

Plataforma21, já estamos aguardando o lançamento da continuação!

Souls and thrones are irreconcilable.”

Kiersten White – Filha das Trevas

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s